Quem sou eu

Minha foto
Acredito que o coração humano é o solo mais fértil que existe, no qual podemos plantar e colher estrelas... Acredito que as palavras são sementes preciosas. Acredito que a eternidade nos pertence desde sempre, pois dela viemos e para ela voltaremos. É muito bom saber que somos companheiros de viagem.

sábado, 6 de agosto de 2011

DONO DOS MEUS DIAS

***

(FATIMA GUERRA)

***

Dono destes meus dias

O tempo

Faz meu coração girar

Em espirais de lembranças

Andanças

Desta vida minha,

Que tinha

Fios coloridos de alegrias,

Ilusões e fantasias,

Vislumbres feitos de paz...

Histórias dos meus momentos,

Tempos que não voltam mais.

***

Santos-31/07/2011 – 09:00

22 comentários:

  1. Belas palavras,Me desculpe por comentar não resisti.
    Parabéns Senhora poeta, pelo deleite desse seu lindo texto.
    Luz e paz.
    JC.

    ResponderExcluir
  2. Como fico feliz quando leio um post seu, Melliss!
    Lindo!
    Beijo.
    isa.

    ResponderExcluir
  3. Minha querida Condessa realmente o tempo não volta,mas podemos fazer novos momentos e a CADA POST uma nova esperança um novo momento! beijo saudades imensas!!

    ResponderExcluir
  4. Fátima, como está você? Sinto uma profunda melancolia em seus versos.
    O tempo que passa é como a água do riacho: ela se perde no rio, vai para o mar, misturando-se a incontáveis irmãs, e volta em forma de nuvem para chover novas águas em outras nascentes... mas não perde sua identidade de água. Assim é o tempo. Assim é a vida. Assim somos nós.
    Um beijo carinhoso, amiga. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  5. Minha querida Fátima, Coração de Mellís Radiante,

    Sua poesia é o canto de sua alma...

    Fique bem, querida

    Carinho imenso, Madalena

    ResponderExcluir
  6. Menina linda, que o dono dos seus dias, seja generoso, como o seu coração, e sopre luz, esperança sobre os seus dias e noites.

    Beijo grande!

    Cirse.

    ResponderExcluir
  7. Fátima eu entro em cada palavra sua e voo com sua alma por todos os lugares que as suas lembranças viveram... Por vezes o tempo nos faz sair por aí quando a saudade aperta o peito e nos remete ao passado onde nossa felicidade era feita de alegrias e sonhos... Depois a vida vai amadurecendo e tudo escorre pelo tempo... Sobrando apenas lembranças do quanto éramos felizes e não dávamos importância pela ansiedade de querer viver cada minuto como se não houvesse amanhã e quando o amanhã chega somos pegos pela nostalgia...

    Amo ler você e sentir a beleza da sua alma que é uma fonte iluminada por Deus,
    Que ele em seu infinito amor e bondade derrame bênçãos em sua vida para que esse momento de enfermidade se dissipe fortalecendo-a de saúde e alegria de viver!

    Pra mim, vir aqui é encher minha alma de luz e inspiração... Sinto conforto e me alimento de amor!

    Obrigada por partilhar comigo seu carinho e amizade!


    Uma linda semana pra você,

    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Mell querida, estes momentos estão à sua mão! Que história de que não voltarão???

    Quero te ver de perto.

    Quero te abraçar de perto.

    Quero te beijar de perto e saber que vc é esta alma viva que sempre foi e sempre nos alegrou!!!!!!

    Bjs do ZC

    ResponderExcluir
  9. Essa melancolia leva os espíritos criativos a versos lindos, como os que postou. Mas não deixe que ela se apodere de você. Minutos são preciosos e precisam ser afagados, independente da velocidade do tempo.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  10. Olá, querida
    Relembrar os bons momentos... é reviver o tempo em que fomos felizes...
    Vc foi, é e será feliz... porque Deus lhe ama muito e lhe carrega no colo paterno/materno...
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  11. OI FÁTIMA GUERRA!!!
    POSITIVIDADE É PRECISO SEMPRE. O PASSADO É LETRA MORTA. BEIJOS DESTE LADO DO MAR....

    ResponderExcluir
  12. Olá Fátima, desejo que esteja bem, sempre!

    Ainda que não possa mais reviver o passado, ele faz parte de sua história de vida, e assim sendo jamais se apagará de tuas lembranças, assim como sua fé e esperança, que jamais deixou fenecer!
    Continue Acreditando sempre. E que você e todos ao redor tenham intenso e e feliz viver, obrigado pelo carinho de tuas visitas, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  13. Amiga querida,
    Hoje estou passando apenas para lhe fazer um convite.
    Estou falando do www.superlinks.blog.br que é um site agregador que vale a pena visitar, pois é mais um espaço no qual você poderá publicar seus links de matérias, pois é um site sério e com critérios bem positivos.
    Espero que goste da dica.
    Um grande abraço

    ResponderExcluir
  14. Bom dia minha querida amiga!
    Estive doente,por isso que me ausentei de alguns amigos,pq a maioria não se ausentou de mim...como vc...
    Hj estou te convidando a passar lá no meu cantinho só para dizer que tipo de amiga sou para vc,rsrsrsrsr
    Bjsssssssssss
    Depois voltarei para comentar suas poesias que amo de paixão e me faz navegar por entre as águas doces e salgadas tbm.

    ResponderExcluir
  15. Olá, Fátima
    Suas palavras, impregnadas de melancolia, constituem um poema de grande beleza.
    Adorei! Parabéns.

    Como vou entrar de férias brevemente, o post que publiquei no domingo, dia 7, é o último até meados de Setembro.
    Se não nos "virmos" antes:) desejo-lhe tudo de bom durante a minha ausência.

    Uma semana muito feliz. Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Amada Fraterna Melisss:

    Cá estou, erguido quase,cheio de saudades,mas imaginas minha correria nesses tempos recém saído de estaleiro da vida,voce ,Gilberto e Pulinha,em cardíacosmmeu e de Regina permanecem!

    Viva La Vida

    ResponderExcluir
  17. Desculpe,disse Paulinha,minha linda sobrinha!

    ResponderExcluir
  18. Em nome dessa tríade,erguido me sinto,como se fosse,meu abraço forte nesa família linda!

    viva la vida

    ResponderExcluir
  19. Querida Amiga..
    Vim deixa meu carinho desejar um feliz e abençoado final de semana bjs no seu coração
    sua amiga sempre,Evanir.

    ResponderExcluir
  20. Querida Fátima!

    Adorei o poema, embora carregado de nostalgia.
    O dia dos sorrisos chegará por fim em todos os momentos que surgirão como torrentes carregados de rosas avermelhadas, como fogo que ateará o coração e o encherá da mais pura alegria.

    Desculpa a ausência, estou a tentar descansar e a aproveitar este Verão que logo chega ao fim.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Que linda forma de se referir ao tempo, Fátima!
    A figura das espirais, especialmente, me pareceu muito oportuna, pois mesmo que voltemos a viver situações parecidas com outras do passado, certamente nunca serão as mesmas.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  22. Mell, minha doçura, estou de volta e vim matar a saudade... E mesmo sentindo uma tristeza nas suas palavras um sorriso brotou nos meus lábios, não sei se é coincidência ou se são os astros, mas todos os amigos que visitei hoje falam em seus posts de mudança, de comportamento, de amor e vida (assim como eu) e vc, minha amiga fala do tempo... E é ele, o tempo que rege as mudanças, os comportamentos, o amor e a vida. Fantástico essa bela coincidência!

    Parabéns, amiga, pelo poema, é triste e belo assim como a autora... Mas o tempo vai passar e com certeza trará coisas boas e seus próximos poemas continuarão belos, mas não tristes, e serão o espelho da autora vencedora.

    Bjs, minha linda, e que Deus te proteja sempre!

    ResponderExcluir

Musica