Quem sou eu

Minha foto
Acredito que o coração humano é o solo mais fértil que existe, no qual podemos plantar e colher estrelas... Acredito que as palavras são sementes preciosas. Acredito que a eternidade nos pertence desde sempre, pois dela viemos e para ela voltaremos. É muito bom saber que somos companheiros de viagem.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

Máscaras
***
(Fátima Guerra)
***
os que escondem no rosto
a tristeza ou o desgosto
sob o traço de um sorriso...
Mas
também há os que enganam
os que ferem e os que não amam
sempre que for preciso...
Máscaras
feias ou belas
tenebrosas ou singelas
carregando uma ilusão...
Há!
Mas não basta esse disfarce
pois, com a máscara na face
fica nu teu coração.
***
Santos-15/04/10-18:30


10 comentários:

  1. Muito bom e contendo uma mensagem bem real.

    Beijinhos,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Pois é amada,vc como sempre me encantando.Ñ existe coisa melhor do que ser transparente embora muitas vezes isso nos custe muito caro.Sabe,eu tive um blog maravilhoso e com certeza ñ terei outro igual e por ser extremamente fiel as pessoas e ao meus sentimentos me machuquei bastante a ponto de deleta-lo.Fui bastante ofendida e nem pergunte a razão amada pq desconheço, creio q isso seja o q mais me dói.Passei por muito tempo engasgada, pq pessoas q se escondem no anonimato para ofender, ñ são dignas nem de viver q dirá infernizar a vida alheia.
    Mas a saudade era grande pois fiz amigos eternos,daqueles q sem comentário,uma amiga minha muito querida me presentiou o Pérola cujo nome foi dado por mim por me identificar com o mar,minha morada,minha vida meu tudo.
    Ñ me identifiquei de imediato e me escondi por detrás de uma foto,um fake coisa q eu detesto confesso.Mas ainda assombrada, continuei assim por muito tempo,nessa caminhada voltei a resgatar os amigos,antigos seguidores.Mas os comentários voltaram, ñ com a mesma força de antes mas voltaram,fiquei indignada.Foi quando uma amiga me disse:Seja vc em qualquer circunstância e familiarize seu blog,vc ñ tem nada p/esconder e és querida pelo q é.Cheguei a postar um dos comentários e alguns outros q eu recebi deletei e por infelicidade postei um desabafo q me arrependi amargamente.Acho q já te disse o quanto sou impulsiva embora sou cão q ladra mas ñ morde rs.Eu pensei:Meu Deus, será q vai começar tudo outra vez?
    Tomei consciência de q o desprezo para essas pessoas é a melhor coisa,com tantos fatos tristes acontecendo no mundo e eu me preocupando com medíocridades!!!Chega a ser constrângedor,banal.Passei então a fingir q nada vejo e nada sinto em relação, e estou me dando bem.Fico quietinha no meu canto,visito os amigos queridos e vou dormir o sono dos justos pq eu trabalho e muiiiiiiiiiiiito.
    Sou feliz por ser quem sou,ñ tem problema q me magoe por ser tão franca,mas sou, em número,genero e grau,ñ suporto artificialidade e nem costumo dizer o q ñ sinto.
    Ñ consigo dicernir o real do virtual,creio q as pessoas q aqui estão são seres humanos o q ñ da direito a ninguém de mentir e magoa-las por conta disso,eu sei q ñ vou conseguir q tudo mude, mas serei uma a menos sem máscara nesse mundo o q me garante um coração coberto de amor.
    Beijos amada.Volto amanhã.

    ResponderExcluir
  4. Oi minha menina querida.

    Mell vc sempre nos dando aulas e hoje é tão linda mas tão séria!!!!

    "Mas não basta esse disfarce pois, com a máscara na face fica nu teu coração"

    Obrigado mestre da literatura!!!!

    Bjs do ZC

    ResponderExcluir
  5. Oi Mel,

    Faz-se necessário que se tire todas as máscaras, ela não combina com os seres autênticos.

    Bom vir aqui,
    Bjs amiga

    ResponderExcluir
  6. Olá

    Adorei.

    É bem verdade o que dizes.
    Uso essa máscara para esconder mágoas que são só minhas.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Mellíss.
    Lindo e profundo.

    A vida é tão curta... se camuflarmos o nosso ego, aí é que não haverá vida, mesmo!

    Um grande abraço, amiga.

    ResponderExcluir
  8. Boa tarde Fátima,

    Gostando ou não em algumas ocasiões de nossa vida usamos máscaras, assim como o palhaço é obrigado a rir e fazer rir num momento de dor, nós também somos levados - por motivos inúmeras vezes alheios à nossa vontade - a sorrir diante de algumas circunstâncias e pessoas, tudo porque não somos uma ilha ou um oceano de solidão, temos que viver em sociedade, temos que interagir com o outro. Para nos adaptarmos a uma realidade,nem sempre somos nós mesmos.

    Mas, quando estamos sozinhos lá no mais íntimo de nossos pensamentos e emoções é que nossas máscaras caem e aí somos a máscara de nós mesmos...

    Querida poetisa, um ótimo final de semana para você e sua menina dos olhos... sua filha!

    Beijos fraternos da Rita

    ResponderExcluir
  9. Boa noite amada.
    recebi teu comentário e o aceitei por duas vezes mas ele ñ entrou,amei o q vc me escreveu.
    Só gostaria q vc soubesse q tens a minha admiração e q fiquei imensamente feliz com seus escritos e ainda vindo de vc eu ñ poderia ter lido coisa melhor.
    Vou ver o q acontece pois de outros amigos também ñ consigo fazer com q entre.
    As vezes acontece e ñ sei a razão.
    Obrigado amada.
    Um beijo grannnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnnde.
    Obrigado pela confiança é só o q me importa.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  10. Fátima, a imagem é bela (adoro o filme) e com relação as máscaras é uma pema que tantas pessoas as usem. Infelizmente temos que conviver com isso, mas felizes daqueles que estão rodeados de pessoas sinceras e amigas!
    Um beijo

    ResponderExcluir

Musica