Quem sou eu

Minha foto
Acredito que o coração humano é o solo mais fértil que existe, no qual podemos plantar e colher estrelas... Acredito que as palavras são sementes preciosas. Acredito que a eternidade nos pertence desde sempre, pois dela viemos e para ela voltaremos. É muito bom saber que somos companheiros de viagem.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

O DIA EM QUE NASCESTE
(Fátima Guerra)
***
Trouxeste contigo,
no dia em que nasceste,
caminhos que cruzariam
outros caminhos,
histórias que modificariam
outras histórias,
tua vontade, teu querer,
teus sentimentos,
sementes que germinariam
com o passar do tempo.
Nasceste para mim,
assim como também nasceste
para todos aqueles que
tu já conheceste,
para os que chegarão
e te encontrarão aqui.
Enfim, tu vieste desvendar
as tristezas e alegrias,
depositando teu nome
entre as folhas dos meus dias,
porque nascendo, farias
com que eu nascesse para ti.
***

Santos, 21/04/10 – 18:00 hs

8 comentários:

  1. Menina, que maravilha.... mas é impressionante Mell, a cada dia que venho lhe dar bom dia, encontro uma lição nova de vida.

    Quer maior verdade do que essa?

    "Enfim, tu vieste desvendar
    as tristezas e alegrias,
    depositando teu nome
    entre as folhas dos meus dias,
    porque nascendo, farias
    com que eu nascesse para ti."


    Quanta saudade menina, venha tomar um cafezinho comigo.

    Beijos do ZK

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do poema e não é esse mesmo, o sentido de cada um de nós ao longo dessa jornada?
    Um beijo

    ResponderExcluir
  3. Olá! Lindo poema, parabéns!
    Beijo

    ResponderExcluir
  4. Bom dia, amiga Mellíss.
    Lindo...
    Vir desvendar as alegrias e tristezas...misturar tudo nos nossos corações. Aí tudo se integra e desintegra, fazendo parte de nossas almas.

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  5. Não resisti e voltei, para também te convidar para uma visita aqui: http://almasdouradas.blogspot.com/

    Beijão querida, ZC

    ResponderExcluir
  6. Méllis querida,

    Já comentei sobre o seu poema no Blog do Zé, agora estou aqui para desejar-lhe um ótimo final de semana e muita paz na noite que se inicia!

    Um grande e afetuoso abraço,

    Rita

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso amada.
    Vc é tuuuuuuuuuudo de bom...
    Um beijo imenso.
    Uma linda noite regada de muito amor.
    Beijokas.

    ResponderExcluir
  8. Mell, vim dar uma olhadinha no seu blog e não resisti em te dar os parabéns por esse poema, é muito lindo.

    PA-RA-BÉNS!

    Já o comentei no blog do Zé... e vi, agora, que o trecho que comentei no blog dele é o mesmo que ele comentou aqui, realmente é demais, uma sensibilidade sem tamanho.

    "tu vieste desvendar as tristezas e alegrias, depositando teu nome entre as folhas dos meus dias, porque nascendo, farias com que eu nascesse para ti."

    Bjs e continue assim... muito inspirada.

    ResponderExcluir

Musica